Check Up 35

Hoje o Yoshidasan durante a reunião de como foi fazer na marmitaria contou sobre como foi ontem ao ir devolver o dinheiro para o cliente da marmita que não conseguimos entregar. 


Ele escreveu aqui no blog dele em japones e eh muito foda de ler a parte que ele escreveu, a humildade na hora de ir conversar com a pessoa, um pedido de desculpas nao por errar mas meio que se colocando no lugar da pessoa.


Soh que ele não escreveu no blog, mas contou hoje na reunião. No final da conversa com o cliente, na hora de devolver o dinheiro ele colocou o cartão dele no meio e disse algo como: a gente está fazendo as marmitas especiais de natal e ano novo, por favor experimente. 


Eu nao sei se escrevendo isso aqui eu consigo transmitir o que aconteceu por que tem toda a história, e como que as pessoas captam esse tipo de situação aqui no japão, mas o velhinho brilhou muito.

Tem ao mesmo tempo uma humildade e uma força de não se abalar (o cliente estava furioso).


Eu e o Yoshi e o Nakai san que estávamos ouvindo a conversa morremos de rir e de feeling ao ouvir ele contando.


Eu acho que ele realmente se moveu pelo sentimento genuíno dele.


Outra conversa

Hoje foi o primeiro dia do Rikiya san fechando as tampas das marmitas. A Jonin me colocou para fazer um trampo do lado dele de maneira que eu pude ir conversando enquanto a gente ia montando as marmitas.


A pessoa da tampa fica na função de coordenar a equipe de montagem para fazer as marmitas que o pessoal da cozinha elaborou e produziu, dentro do número previsto de pedidos para entregar ao pessoal do dellivery dentro da hora esperada.


O estado das marmitas, o estado dos alimentos, o estado das pessoas, os horários, tem uma infinidade de elementos para serem vistos.

Ultimamente eu to deixando a montagem por conta da Joninn e da Naoesan entao nao estou entrando tanto pessoalmente, mas foi uma oportunidade para rever como esse trabalho é interessante.

Outra conversa

Desenho de outro dia que o Iwata san fez: eu e o Leo cortando as ramas das batatas

1+