PSE 4 – 10 [08/09/2020]

Hoje de manhã na marmitaria:

Surgiu em mim uma vontade de chamar o KoujiKun para vir trabalhar amanhã.

Mas ao invés de falar isso diretamente para ele, eu pedi para a Noesan falar com ele.
Por que? Que estado é esse?

Naquela hora o pensamento que passou na cabeça foi: se ela pedir ele vem.
Se eu falar ele vai negar, vai resmungar.

Serah que apenas uma vontade pura que surgiu em mim de chamar ele se transformou em algum pensamento complicado do tipo: se ele não vier amanhã vai dar ruim?

Agora lembrei que ainda hoje de manhã, quando a Junkochan chegou na marmitaria eu queria que ele ajudasse ela.Mas de primeiro momento minha cabeça ficou pensando em como falar isso com ele. Fiquei perdido nas palavras.

Como serah que vejo o KoujiKun? De onde vem em mim esse estado de fazer cerimônia?
O que eu queria ter feito naquela hora?

Falado para ele: queria que voce viesse amanhã.


Mais outro exemplo:


Ontem anoite eu escrevi uma mensagem para o Nakaisan.


Eu perguntei o que ele estava pensando sobre a reunião diária da marmitaria.

Quando veio a resposta eu pensei, pode crer, mas e se olhar por esse ponto de vista o que você acha?

Ele me respondeu como uma pergunta, ao ver a mensagem brotou em mim uma emoção ruim.


Eu percebi que era um sentimento negativo em relação a ele.

Percebi e comecei a tentar olhar para esse estado do eu, mas por um tempo essa emoção continuou.

Depois fui na reunião diária, após passar um tempo eu pensei: ue? onde foi aquela emoção que eu tava sentindo?

Eu nao sei o momento exato em que essa emoção desapareceu dentro de mim, mas acho que teve influência grande de ver ele pessoalmente na reunião.

Eu pensei que eh uma reação parecida com as que escrevi recentemente pela NaoeSan.

0

PSE 4 – 9 [07/09/2020]

Ontem antes da janta eu li o blog da Naoe San e me deu uma reação de estar sendo atacado.


Eu fui comer no JOY e tinha alguma coisa dentro de mim que não se acalmava, até uma hora que conversei alguma coisa com a NaoeSan e pensei: aa essa relação está tudo bem, então fiquei tranquilo.


Eu pesquisei isso hoje na reunião de PSE.


Quando me perguntaram: naquela hora qual seu estado de coracao? a princípio não conseguia ver direito.


Ao ir conversando eu percebi que estava com um sentimento de insatisfação /um sentimento pesado em relação a Naoe San.


‘‘ela está fazendo essa relação ficar ruim.‘‘ Um pouco difícil de colocar o que estava se passando dentro de mim em palavras, mas era como se eu estivesse repreendendo ela, nao vou com a cara dela.


Ai eu vejo que eu não quero aceitar este Eu que está reagindo assim, naquela hora nao eh um sentimento divertido.

Estou reagindo em cima da minha própria reação.


Alguma hora o SakaiSan fala algo sobre que esse é um tema básico, aí eu começo achar que minha reação é ruim.


Depois em seguida me da uma reação de ficar puto com o SakaiSan.


Hoje o PSE foi uma repetição de reagir e perceber que estou reagindo.


Uma hora surgiu um pensamento como: como estou pesquisando sério vou ser bem visto pelo SakaiSan. Mas eu pensei: eu não quero esse pensamento.

Não quero uma sensação de segurança baseada neste tipo de pensamento.


Eu fiquei pensando se essa coisa de se preocupar com o que os outros pensam se não seria um estado de tentar por a culpa nos outros.


Depois veio uma pergunta:O que o meu estado de coracao esta colocando como o mais importante?


Afinal, qual será o sentido dessa pergunta?

0

PSE 4 – 8 [06/09/2020]

Ontem durante o encontro as one da academia eu perguntei para a Naoesan: você não vai com a minha cara?

As pessoas que estavam lá disseram: Diego por que você está perguntando isso? Se você está preocupado com isso nao eh seu tema?


Na hora nao entendi, nao achei nada de estranho na minha pergunta.


Ao voltar para casa fiquei me observando e percebi que estava em estado de defesa.

Naquela hora me surgiu um sentimento de ter sido encurralado na reunião. Sentimento de estar sendo alvo.


Eu fiz algo de errado? Capitei a cena como estar sendo criticado?


Bom tudo bem isso, mas o que serah que foi essa minha pergunta para a Naoe?

Falar sinceramente ainda nao entendi direito.


De alguma maneira tem um pensamento de algo como se ela nao vai com a minha cara eh por causa das minhas ações?


Eu estou agindo de maneira a que todos gostem de mim? Estou preocupado com o que  pensam sobre mim?


Hoje fiz a recepção do KoriyamaSan junto com o NakaiSan. Bem na hora que fui falar vi que o Nakaisan pegou o celular. Surgiram pensamentos como: será que to falando besteira? Será que o NakaiSan nao esta indo com a minha cara?


Ao lembrar do Salão e outras reuniões lembro que surgem pensamentos parecidos em relação ao SugieSan.


Serah que tem esse ponto de reação em mim?


Dessa vez no Naikan eu pensei que eu estou pensando que sou o centro do universo.


Durante a faculdade eu fiz um estágio na usina de cana de açúcar. O pessoal nao me dava atenção lá e eu pensei seriamente, essa empresa não vê as pessoas como pessoas. Trabalhavam lá mais ou menos 5 mil pessoas, será que eu estava pensando que o estagiário Diego era a pessoa mais importante?

30 anos sendo criado como filho único, isso deve ser forte dentro de mim…

2+

PSE 4 – 7 [30/08/2020]

Agora estou escrevendo aqui no quarto do fundo da marmitaria, esperando o pessoal para a reunião.

Essa reunião agora á com o pessoal da academia e a partir de hoje com o Yamachan.

Daqui a pouco vou para o Naikan, mas agora eu tenho sentimento de preguiça em relação a isso. Mas acho que ao ir para lá eu esqueço esse sentimento e consigo concentrar e fazer.

Dentro de mim olhar para as coisas como:

Aquilo foi assim!!Daquela vez aconteceu dessa maneira!!

Olhar uma por uma destas cenas e ver, como será que foi na verdade? Qual será que era o desejo/intenção daquela pessoa? Como será que eu queria ter feito?

Será que me torno um pouco mais flexível?

O pessoal chegou, vai começar a reunião..

0

PSE 4 – 6 – [29/08/2020]

Hoje de manhã na marmitaria eu olhei para o estado da Jon In e pensei que para ela mesma e para as pessoas em volta dessa maneira era melhor ela voltar para casa. Eu experimentei falar isso para ela.

Ela disse: acho que eu vou voltar para a Coreia. Chorou um pouco e foi embora do trabalho.

Ao ver isso me surgiu uma emoção de insegurança/medo.

Acho que essa emoção surgiu a partir de imaginar ela desistindo de ficar aqui e voltando para a Coreia.

O que serah que está acontecendo? Qual será o meu pensamento?

– Ela foi embora por que eu falei?
 – Voltar para a Coreia eh uma coisa ruim?
– Eu nao estou em posição de falar isso para ela, nao tenho esse direito?
-O que serah que o OnoSan, SakaiSan, SatoSan vão pensar de mim?

Como será que estou vendo/ qual sentido estou atribuindo a conversa das pessoas?

0

PSE 4 – 5 – [28/08/2020]

Ontem recebi uma mensagem do Yosshi dizendo que queria que eu pensasse sobre determinado assunto.

Surgiu em mim um sentimento de repreendê-lo/atacá-lo.

Durante a reunião de PSE hoje foi feita a pergunta: o que estou repreendendo/atacando, qual o alvo?

O que estou tendo como pensamento fixo/duro?

Quando essa emoção surgiu dentro de mim passou algo como:

 – Você precisa pensar isso junto comigo!!
– Você só fala!!
Várias coisas surgiram.

O que será que eh esse meu estado?

0

PSE 4 – 3 [26/08/2020]

Durante a reunião diária da marmitaria eu estava ouvindo a conversa da YoshikoSan.


Naquela hora minha vontade era de olhar atentamente para ela, observa-la. Em certo momento ela começou a falar olhando para mim, minha reação naquela hora foi de que eu precisava fazer algum movimento, nao da conseguia ficar apenas olhando parado para ela.


Dentro de mim algo dizia que eu tinha que balançar a cabeça como se estivesse concordando, ou então emitir algum som mostrando que estou ouvindo.


Não conseguia ficar parado apenas olhando para ela.


Acho que foi uma reação de um local parecido com a reação que escrevi ontem (25 08 – PSE 4 -2)


Eh algo que diz como deve ser uma relação entre as pessoas.


Por certo tempo mesmo tendo essa reação eu consegui ficar parado, até que em certo momento ela disse algo sobre a montagem das marmitas (parte que estou mais ligado), nessa hora minha cabeça balançou.


Que serah que eh isso?


Como serah que vejo a relação entre as pessoas?

2+

PSE 4 – 2 -[25/08/2020]

Ontem eu queria ter pesquisado esse exemplo na reunião, mas como não deu tempo vou tentar escrever aqui.


Estou planejando a reforma da sala de preparo das verduras na marmitaria, pensando o lugar das geladeiras, comprar uma pia nova, arrumar a questão da eletricidade, etc.


Ontem tinha planejado de mover as geladeiras, mas logo de manhã o UshimaruSan e o Takemichi disseram que na verdade a  questão da higiene não estava muito clara então a gente precisaria conversar mais antes de fazer a mudança.


Ao ouvir aquilo me deu meio que uma tristeza, essa reação é uma que eu queria ter pesquisado na reunião.


Na hora passou a vontade de fazer as coisas. Logo de manhã eu estava animado ao olhar as salas e as geladeiras e ficar imaginando a nova disposição, de repente não poderia mais fazer aquilo.


Algumas horas depois dessa cena de manhã eu vi o UshimaruSan entrando na cozinha sem o chapéu de proteção e falei para ele: UshimaruSan, ou não entra aí sem chapéu. Daí ele me falou algo como: se não posso entrar aqui em chapeu, quem dirá colocar a geladeira onde você queria.


Nao sei ao certo como foi a reação dentro dele, mas senti que ele tomou minhas palavras como um ataque de vingança em relação a cena da manhã. 


Dentro de mim surgiu um sentimento muito forte de querer falar para ele: eu não estou te atacando.


Eu queria pesquisar o que eh esse Eu que quer falar isso para ele, o que foi essa reação?
Por alguns minutos continuou dentro de mim esse sentimento muito forte de querer falar para ele que nao estava atacando ele, que está tudo bem.


O que serah, serah que penso que a relação vai ficar ruim? Serah que eu penso que é minha responsabilidade ele ter se sentido atacado e isso eh uma coisa que nao devo fazer? Eu não posso fazer os outros terem sentimentos ruins? O que serah que foi essa reação?


Ao ver ele de manhã entrando sem o chapéu na cozinha, logo depois do sentimento de querer falar para ele para não entrar veio um sentimento interno dizendo para mim evitar essa fala por que ele poderia tomar uma vingança pela cena da manhã. Mas mesmo assim eu resolvi falar na hora.


Que estado será esse?

0

PSE 4 – 1 – [24/08/2020]

PSE – Pratice to make ScienZ everyday – eh uma reunião que acontece duas vezes por semana para o pessoal da academia poder pesquisar seu estado no dia a dia. Eh a quarta rodada que começou essa semana.


Hoje no PSE eu pesquisei uma reação minha sobre um exemplo onde eu errei a receita do tamagoyaki.


Vou escrever aqui umas coisas que pensei depois do PSE.


Acho que eu penso que eu não posso fracassar/errar. Principalmente agora que eu faço parte do grupo de administração da marmita esse pensamento parece ficar mais forte.


Quando eu percebi que tinha errado, primeiro veio uma reação de medo, querer me proteger. Depois  veio um sentimento meio pesado (fracasso/erro), o que será que foi essa reação?


Acho que estou pensando que eu não posso errar de nenhuma maneira, tem que fazer tudo bem feito…

0

08 08 2020 Vivificar todas as coisas

Hoje de manhã quando fui começar a fritar as coisas na marmitaria, o Kenji me falou: depois de fritar os croquetes, antes de cortar eles vai colocando eles em pé em uma forma.


Ao ouvir essas palavras dele eu senti o sentimento de importância que ele dah em relação a essa comida.


Percebi que de alguma maneira dentro de mim tem uma maneira de ver aqueles croquetes como: é um produto que vem congelado da china, uma coisa barata, não tem valor.


Eu pensei que acho que existe um estado de coração onde independente do próprio pensamento tem vontade de vivificar/valorizar todas as coisas que de verdade estão na frente dos olhos. 

0