Check Up 20

Hoje eu estava cozinhando o arroz, quando de repente escuto uma conversa do povo na sala de montagens da marmita e vou ver o que está acontecendo.


O Yamachan estava tentando colocar os peixes sem saber muito bem a maneira certa de colocar e o Gosan estava meio que tentando ensinar ele, mas parecia meio que forçando/empurrando o Yamachan.


A princípio eu tinha ido soh espiar como a coisa ia se desenrolar, mas ao ir vendo a cena me deu vontade de fazer alguma coisa, mas como nao sabia direito o que fazer fiquei parado meio que perdido até que alguém falou para eu colocar os peixes junto com o Yamachan.


Eu falei sobre essa cena na reunião diária de como foi fazer da marmitaria e também na reunião do Check Up, ai o que pensei foi que:


Na reunião da marmitaria o Nakai san ouviu a conversa e falou: parece que o Gosan estava se movendo a partir do sentimento de querer ensinar o Yamachan. Eu pensei pode crer, nao consegui ver que o Gosan tinha algum tipo de sentimento assim.


Para mim na hora parecia que o Gosan tava sufocando o Yamachan, fazendo bulling nele.

Eu achei que eu estava preocupado com Yamchan na hora, mas olhando mais agora acho que na verdade eu estava encanado com o jeito de fazer do Gosan, achando que ele estava fazendo algo de errado, que não podia ser daquela maneira.


Na verdade olhando melhor, acho que quando fui para a sala de montagens eu já estava com um sentimento de ir para lá resolver algum problema. Acho que ja nao era um estado de poder ver as coisas objetivamente.

Eu lembrei de uma cena há algum tempo atrás quando eu me aprontava para ir para a entrega junto com o Yoshidasan, quando aparece o Gosan em cena, e do jeito meio estabanado dele fala para o Yoshidasan: desencana de levar o Diego hoje, tem muita entrega e nao vai dar certo. Eu tomei isso de uma maneira ruim, mas o Yoshidasan virou para o Gosan e disse: obrigado por estar preocupado com a gente. Isso ficou gravado em mim.


Lembrando também do exemplo de ontem com o Okabesan. Nas falas e atitudes das pessoas parece existir um sentimento de onde elas veem, será que estou tentando olhar para esse sentimento? ou, estou preso e acabo vendo tudo através da minha visão desconfiada sobre os seres humanos? Na questão das mensagens, fiquei pensando que se a pessoa for acabar todas as mensagens com: quero fazer assim, mas o que você acha? Se for colocar esse: o que você acha? em todas as mensagens vai ser uma coisa totalmente anti-natural e trabalhosa. Afinal de contas qualquer que seja a maneira de falar não quer dizer que a conversa chegou ao fim.


Outra conversa

Ontem escrevi no blog sobre a cena da bola com as crianças onde elas falaram que eu era bom. Na hora ao ouvir isso não me veio nenhum sentimento de me achar fodão, ou de estufar o peito. Pensei por que será né?


Acho que naquelas crianças ainda não tem muita visão de superioridade, elogiar para deixar as pessoas ficarem se sentindo bem. Acho que na hora foi apenas o jeito simples e uma reação pura delas ao verem aquela cena.

Ouvi a fala pura delas e puramente fiquei contente, só isso..


Na verdade a alegria que me deu na hora foi mais por estar brincando e interagindo com elas do que por ter escutado algum elogio, por ter ouvido elas dizerem que eu fiz uma coisa legal.

0

Check Up 19

Ontem ao escrever o blog senti que tinha em mim um sentimento de resistência.


Por exemplo, estou escrevendo algo ruim sobre o Okabesan ou então; estou tendo uma reação ruim. Acho que pegou em algum ponto duro dentro de mim. Mas tudo bem isso aí.


Acho que não se limita a esse exemplo, mas fiquei pensando como é poder ver as pessoas a partir de um estado de coracao que nao está cheio desses: tem que fazer assim; tem que ser assado; isso é o óbvio; etc. Como serah olhar a partir do lugar onde ninguém precisa fazer nada, ninguém precisa vir ao trabalho?


Outra história


Fui sair de casa para uma caminhada e bem na praça que tem aqui na frente tinha uma molecadinha jogando futebol. A bola saiu para fora da praça e eu perguntei se eles queriam que eu jogasse para dentro de volta, os meninos falaram que sim.


Eu dei um chute de letra e por acaso foi bem sucedido e a bola voltou para dentro do parque. A mulecada arregalou os zoio e falaram: caraio cara foda. Na hora me veio a vontade de falar eu sou brasileiro, mas deixei queto.


Em seguida veio a professora e disse: só falar que ele eh bom nao basta, agradeçam ele. Depois virou para mim e pediu desculpa (muito clássico dos japoneses). Ai eu falei magina, soh o que eles falaram ai já me satisfez.


Daora a molecada.

0

Check Up 18

Ontem veio uma mensagem do zap do Okabesan para mim dizendo: amanhã vou fazer o trabalho desta maneira.


A primeira vista eu não pensei nada e respondi Hai (ok). Mas depois pensei de novo sobre essa mensagem e me deu uma reação de antipatia.


Eu captei de uma maneira como se ele estivesse transmitindo o que pensou de uma maneira rígida, sem abertura para conversar. Algo já definido.


Na hora me surge algo como eu queria que ele me consultasse, perguntasse se tudo bem. Mas acho que isso nao eh um sentimento puro, está mais para um pensamento fixo de que ele TEM que me consultar.


Fiquei pensando como será que estou percebendo essa minha relação com ele? parece que tem uma questão forte da minha visão de trabalho.


O Sugie san me disse: por acaso se ele vier trabalhar mais cedo mesmo sem te consultar você vai pensar alguma coisa sobre isso? Realmente, aconteceu exatamente isso no dia anterior e eu não pensei nada.


Acho que essa coisa de querer consultar/perguntar nao eh um sentimento que surge em relação a todo mundo e sobre todas as coisas. Acho que existe o sentimento por exemplo, quero perguntar isso para tal pessoa, quero conversar isso com tal pessoa.

Se for consultar e perguntar tudo de manhã até a tarde antes de fazer qualquer coisa puta preguiça né..

0

Check Up 17

Hoje durante o dia tiveram alguns momentos que eu percebi que estavam rolando alguns pensamentos que eu acho que nao sao saudaveis, mas eu pensei: acho que eh uma questao do cerebro estar acostumado com esse tipo de coisa, nao dar importancia para eles acho que eh o melhor para seguir em uma direcao mais saudavel. Hoje na reuniao eu falei sobre isso, nao acabei levantando nenhum exemplo pratico.

0