Não precisa entender

Ontem na reunião, o Milton falou algo sobre não precisar conhecer.
Estávamos falando que na sociedade hoje, parece que vivemos do dinheiro; mas, se olharmos bem, veremos que vivemos de coisas e ações feitas por pessoas. Mas, se nem pensarmos nisso, continuamos vivendo de coisas e ações das pessoas. Então, nesse sentido, conhecer não é necessário.

Eu tenho para mim que a compreensão é a coisa mais importante para viver. Eu me apoio no meu pensamento como se fosse mais seguro do que o próprio chão. Gostaria de ser mais inteligente e ter mais segurança no meu pensamento. Mas tem momentos em que a emoção desorganiza minhas ideias e eu sinto que não sei mais…

E agora, depois dessa fala de ontem, penso que tudo bem meu chão mental estar em terremoto, eu não estou pisando nele realmente. O que é engraçado, e um pouco contraditório, é que isso me dá mais vontade de conhecer: existe algo real que independe de mim, o que será? E assim vou, de terremoto em calmaria ~~

0