falar ao outro

ao enxergar o outro arrogante, invasivo…
ao ouvir a fala do outro como bravata…
ao sentir o outro esquisito, estranho, insincero…
e
ao querer falar, transmitir para o outro diretamente

espera, pode ser que tenha algo ai…
em primeiro lugar olhar para si
o que tem aí? resistência? repulsa?
alguma crença cega em mim mesmo?

qual é a minha motivação da fala?
como está o meu estado do coração?
e . . .
qual o meu verdadeiro desejo ?
qual o meu verdadeiro objetivo ?

a minha fala contribui para tal?
seria eu a pessoa adequada para transmitir?

talvez não. . .

(traduzido e parafraseando do blog da Madoka))

1+