olhar a si – 21 a 24/dez/2019

vejo / ouço e experimentar colocar para fora “do jeito que vem” a reação daquele momento
preciso de muito esforço, fico intranquila

antes de colocar para fora as minhas reações “do jeito que vem” naquele momento, e mesma fico reagindo a minhas reações, por vezes abafando-as ou mudando-as.

começo enxergar aos poucos que ha um esforço aí
não consegui colocar para fora “do jeito que vem”
não queria mesmo é colocar para fora

não consigo admitir, não consigo aceitar esse eu que reagi dessa maneira
quanto mais penso comigo mesma que é vergonhoso, que isso não é bom, que isso é esquisito, torna se algo grande, pesado e rígido.

depois de acalmar/controlar a reação, me disfarço como se nada tivesse acontecido com um rosto de indiferente.

depois que a reação diminuiu, fui disfarçado de nada com um rosto frio

era um mundo em que estava me ajustando ao “eu que devo se assim”.

vejo, ouço, eu é que capto(apreendo) assim, e estou reagindo ao que estou captando.
lembrar-me bem e ver bem esse conteúdo
observar o eu daquele momento
colocar para fora desse jeito mesmo

como eu captei (apreendi)? o treino repetido juntos com todos, todo estão colocando diversas coisas

cada um é diferente do outro
as reações surgem naturalmente, de acordo com cada um
dentro da prática do treino repetido, começo conseguir estar do jeito que eu sou, esse eu que capto (apreendo) dessa maneira.

aquele eu que apenas olhou/observou o como captou naquele momento, vai ficando pequeno,  flexível  e leve.

ao experimentar observar do jeito que está, ao experimentar colocar para fora do jeito que está, existe o eu verdadeiro daquele momento..

sim existe mesmo…

naquele momento, o eu do jeito que está está vendo ouvindo e tocando aquele momento? como estou captando(apreendendo)?
ir olhando o eu de agora real, ir continuando ver a coisa em si do real

ir olhar a si, estando entre as pessoas, significa ir olhando essa pessoa,
pessoas com pessoas que se influenciam um ao outro, através dessa sobreposição.

cada uma das pessoas, cada um estar do jeito que ela é, essa imagem é linda, é um contentamento, desejo que continue assim

este curso não foi para o eu que devo ser de tal maneira,
tive a experiência de olhar a si para o eu de verdade

by  Ayako (2019.12.30)

Deixe um comentário